Simone

Videos - Simone

International
Shops

search for music by Simone at amazon



search for rare music at Music Stack

Links:
Simone
Simone

pesquisa  Simone

Lojas
DVDs

Simone

Simone Bittencourt de Oliveira
Nascido - 25/12/1949 Salvador, BA
Biografia

Cantora.

Conviveu com a música desde a infância. Seu pai foi cantor de ópera e sua mãe tocava piano. Mudou-se para São Paulo aos 16 anos de idade. Nessa cidade começou a jogar basquete e chegou a fazer parte da seleção brasileira.
Composição
A propósito (com Fernanda Montenegro)
Merecimento (com Abel Silva)
Só se for (com Zélia Duncan)
Vale a pena tentar (com Hermínio Bello de Carvalho)
Viciado em viver (com Abel Silva)
Discografia
(2010) Em boa companhia (Simone) – Biscoito Fino – CD, DVD
(2009) Na veia (Simone) • Biscoito Fino CD
(2008) Amigo é Casa (Simone e Zélia Duncan) • Biscoito Fino
(2005) Ao vivo (Simone) • EMI Music
(2004) Baiana da gema (Simone) • EMI Music
(2002) Feminino (Simone) • Universal Music CD
Shows
É melhor ser. Show de lançamento do CD – Teatro Oi Casa Grande, Rio de Janeiro (2013)
Em boa companhia. (2009) Canecão, Rio de Janeiro. - Show de lançamento do CD “Na veia”.
Panorama brasileiro. Feira Brasil Export de Bruxelas (Bélgica) e Olympia de Paris (França).
1973. Simone. Turnê nos Estados Unidos e no Canadá.
Pedaços. Canecão (RJ) e turnê pelo Brasil.
Simone. Maracanãzinho, Rio de Janeiro.
Bibliografia
ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Rio de Janeiro: Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006.
AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio Editora, 2010. 3ª ed. EAS Editora, 2014.
SimoneSimone -  Nasceu25/12/1949

Simone Bittencourt de Oliveira, conhecida apenas como Simone, (Salvador, 25 de dezembro de 1949) é uma cantora brasileira.

Prematura de oito meses e sétima filha de uma família de nove irmãos, o pai, Otto, queria que o nome fosse Natalina, mas a mãe, Letícia, prestes a batizar a filha, mudou o nome para Simone. Até a adolescência Simone foi jogadora profissional de basquete e por isso mudou-se para São Paulo aos dezessete anos, para integrar o time da Seleção Brasileira de basquete feminino. Estudou na Fefis, em Santos, onde se formou em Educação Física; foi colega, durante o curso, do futebolista Pelé.

Convidada pela amiga e professora de violão, Elodir Barontini, Simone participou de um jantar na casa do então gerente de marketing da gravadora Odeon, Moacir Machado, o Môa. Neste encontro, especialmente marcado para que ela mostrasse a voz, ao final veio o convite para assinar um contrato, não para um, mas quatro LPs de uma só vez, para gravadora: Simone fez muito sucesso no teste e foi logo aprovada. O primeiro, Simone, gravado em outubro de 1972, teve uma produção de baixo custo e poucos músicos, regidos pelo maestro José Briamonte. A primeira tiragem foi distribuída apenas para amigos, parentes e para o meio artístico; dez anos depois seria relançado com uma capa diferente. O lançamento ocorreu em 20 de março de 1973 (considerada a data oficial do início da carreira) em São Paulo e Simone estreou no mesmo dia num programa da TV Bandeirantes. A participação no programa Mixturação, (direção/produção de Walter Silva, TV Record, abril, 1973), também foi aguardada com expectativa e Simone apontada como um dos nomes mais promissores. O sucesso começava assim de forma gradual.

Uma esportista que já conhecia o sucesso nas quadras migrava para os palcos numa transição fácil, embalada pelo apoio de uma família de músicos, do pai, que tocava violino e era cantor de ópera, e da mãe, pianista, de onde vinha o maior incentivo. Antes de se tornar conhecida do público brasileiro, participou de uma turnê internacional organizada por aquele que se tornaria um dos grandes incentivadores, Hermínio Bello de Carvalho. A excursão internacional incluía no roteiro o Olympia em Paris, e o Madison Square Garden, em Nova Iorque, além de Bélgica e Canadá. A turnê foi um grande sucesso e originou os discos Brasil Export 73 e Festa Brasil -- ambos produzidos por Hermínio Bello de Carvalho, que ainda produziria os dois álbuns subseqüentes: Quatro paredes e Gotas d´água; neste último a produção foi realizada em parceria com Milton Nascimento.

No fim da década de 1970, mais precisamente em 1977, teve o primeiro grande momento de sucesso com as canções Começar de novo, Face a face, Jura Secreta e O que será. Esta última foi gravada pela primeira vez em 1976 e integrou a trilha sonora do filme Dona Flor e Seus Dois Maridos, de Bruno Barreto. No ano seguinte (16 de junho a 15 de setembro de 1978), o nome estava entre os dos artistas do ambicioso Projeto Pixinguinha, e, ao lado de Sueli Costa, apresentou-se no Rio de Janeiro, Vitória, Salvador, Maceió, Recife e Brasília. Um excerto do Projeto comenta o progresso da carreira: Em 77, além do lançamento do LP Face a Face e da trilha sonora do filme Dona Flor e seus dois maridos fez muito sucesso num espetáculo no MAM. No Teatro Clara Nunes, com direção geral de Hermínio Bello, apresentou-se em Face a Face. Em cada espetáculo vem se projetando e se coloca, no momento, entre as melhores cantoras brasileiras. Acabou de gravar Cigarra, com músicas de Gonzaguinha (Petúnia Resedá), Fagner e Abel Silva (Sangue e Pudins), Milton Nascimento e Ronaldo Bastos (Cigarra). (Excerto by Funarte.)

Divisor de águas na carreira, foi o espetáculo Pedaços (30 de dezembro, 1979, Canecão) gravado ao vivo e lançado em disco em 1980, sob o título Simone ao vivo (primeiro gravado ao vivo). Sucesso de público e crítica, Pedaços teve a primeira apresentação em outubro e foi considerado o melhor do ano; em termos de público só foi superado pelo espetáculo anual de Roberto Carlos. Dirigido por Flávio Rangel, que incluiu a canção Pra não dizer que não falei das flores no repertório, celebrando a primeira audição da canção antológica na voz de Simone e a primeira interpretação engajada da carreira, e que só não ficou mais conhecida do que a do próprio compositor Geraldo Vandré. Simone foi a primeira artista a cantar 'Pra não dizer que não falei das flores' após a liberação pela censura: Quando eu comecei a cantar essa música no 'Canecão', todo mundo cantou junto e foi uma maravilha isso. 'Caminhando' é uma música que está no inconsciente coletivo das pessoas e que mexe muito, mas muito mesmo, com muita gente. O despertar de uma postura artística engajada e com excelente repercussão acompanharia toda a carreira, sendo enfatizada por interpretações de sambas como Disputa de Poder e Louvor a Chico Mendes, além de Maria, Maria, Uma nova mulher, O sal da Terra, Será e Pão e poesia.

Em matéria publicada na Revista Veja (março de 1982): Simone Bittencourt de Oliveira nasceu duas vezes. A primeira, em 1949, num bairro de classe média de Salvador, na Bahia. A segunda, na noite de 7 de fevereiro passado, no estádio do Morumbi, em São Paulo, quando ergueu um coro de 90.000 vozes na apoteose do espetáculo Canta Brasil, com a canção Caminhando nos lábios e lágrimas nos olhos. Quando terminou de cantar, era mais uma estrela no céu. O sucesso lhe rendeu o primeiro disco de ouro e um especial da Rede Globo, gravado ao vivo no Teatro Globo (2 de março, 1980). O programa, chamado Simone Bittencourt de Oliveira, foi o primeiro da série Grandes Nomes. Ainda em 1979 marcou presença no Festival de Música Popular Brasileira, interpretando Para Lennon & McCartney (de Márcio e Lô Borges e Fernando Brant).

Desde a década de 60, quando surgiram os especiais do Festival de Música Popular Brasileira (TV Record), até o fim da década de 80, a televisão brasileira foi marcada pelo sucesso dos espetáculos transmitidos que apresentavam os novos talentos, registrando índices recordes de audiência. O especial Mulher 80 (Rede Globo), foi um destes marcantes momentos da televisão; o programa exibiu uma série de entrevistas e musicais cujo tema era a `Mulher´ e a discussão do papel feminino na sociedade de então abordando esta temática no contexto da música nacional e da inegável preponderância das vozes femininas na MPB; com Elis Regina, Maria Bethânia, Fafá de Belém, Marina Lima, Simone, Rita Lee, Joanna, Zezé Motta, Gal Costa e as participações especiais das atrizes Regina Duarte e Narjara Turetta, que protagonizaram o seriado Malu Mulher. Em entrevista ao jornal O Pasquim (nº 572, de 13 a 19/06/1980), Elis Regina fala de Simone: (...). Elis, dessa safra toda, tem alguma que você destaque? Elis - Gosto muito da Simone. Potencialmente, vê-se nela a possibilidade de um desabrochar grande. É uma mulher bonita, seu repertório é muito bom e está muito bem assessorada pelo Flávio Rangel e pelo Nélson Ayres.

Aos trinta e dois anos protagonizou um feito histórico, tornando-se a primeira cantora a lotar sozinha um estádio, o Maracanãzinho, em 1981. Pioneirismo evidenciado em outras ocasiões como quando gravou, muito antes de Paul Simon ou Michael Jackson, com o Grupo Olodum da Bahia; ou quando, num dos espetáculos, surpreendeu a platéia levando para o palco uma cama, um ano antes da pop star Madonna chocar o mundo com a mesma idéia. Em fevereiro de 1982 o espetáculo Canta Brasil levou ao estádio do Morumbi quinze a vinte mil pessoas por dia para assisti-la interpretando Milton Nascimento, Ary Barroso, Chico Buarque, Tom Jobim, Fernando Brant, Vítor Martins, Paulo César Pinheiro, Hermínio Bello de Carvalho, Isolda, Sueli Costa e Abel Silva. Em dezembro de 1983 parou a Quinta da Boa Vista onde uma multidão de mais de 150 mil pessoas foram assisti-la na primeira transmissão ao vivo da história da Rede Globo para um espetáculo de final de ano. Também em 1983 dedicou o disco Delírios e delícias a Fernanda Montenegro; a atriz retribuiu a homenagem com uma dedicatória manuscrita no release do disco Desejos (1984).

Em 1983 integrou o grupo seleto de intérpretes da MPB que viajou o país durante dois anos com o projeto O Grande Circo Místico, um dos maiores e mais completos espetáculos teatrais, para uma platéia de mais de 200 mil pessoas. Simone interpretou a canção Meu namorado, composta pela dupla Chico Buarque e Edu Lobo. O espetáculo conta a história do grande amor entre um aristocrata e uma acrobata e a saga da família austríaca proprietária do Grande Circo Knie, que vagava pelo mundo nas primeiras décadas do século.

Valendo-se ainda do filão engajado da pós-ditadura e feminismo, cantou, ainda que com uma participação individual diminuta, no coro da versão brasileira de We are the world, o hit americano que juntou vozes e levantou fundos para a África ou USA for Africa. O projeto Nordeste já (1985), abraçou a causa da seca nordestina, unindo 155 vozes num compacto, de criação coletiva, com as canções Chega de mágoa e Seca d´água. Elogiado pela competência das interpretações individuais, foi no entanto criticado pela incapacidade de harmonizar as vozes e o enquadramento de cada uma delas no coro. Em 1991 gravou um clipe para o programa Fantástico, idealizado pelo sociólogo Betinho, intitulado Luz do Mundo, para arrecadar fundos para a reabilitação de menores.

Nos anos oitenta, que foram marcados pelo reconhecimento de grandes cantoras na MPB, firmava-se assim como uma recordista de público e de vendagem: os discos voavam das prateleiras tão logo eram lançados e o nome Simone despontava como um dos grandes ícones da indústria fonográfica nacional. Anunciar os espetáculos num clube, casa noturna, ginásio ou estádio era garantia de sucesso e casa super lotada. A maior temporada ocorreu na tradicional casa carioca, Scala II (1986), durante oito meses seguidos e o maior público já registrado é de 220 mil pessoas, em uma única apresentação, ao ar livre.

O sucesso de público, vendagem, os especiais de TV e o repertório refinado situaram-na como um dos nomes mais respeitados da fina flor da MPB; de cantora elitista, passaria, a partir de meados da década de 80, com a seleção de um repertório muito popular, pela fase mais obscura da carreira, enfrentando o estigma da crítica especializada que desmerecia a interpretação, arranjos e compositores escolhidos -- foi a chamada fase brega, que marcou os anos 80 pela exacerbação aos apelos do romantismo. A despeito disso, manteve-se como grande vendedora de discos e alcançou enorme popularidade: fosse de quem fosse a composição, o toque de Midas garantia um sucesso atrás do outro.

Flávio Rangel, Jorge Fernando, José Possi Neto, Nelson Motta, Ney Matogrosso e Sandra Pêra são alguns dos nomes que assinam a direção dos espetáculos. O show Sou Eu ganhou o prêmio de melhor do ano em 1992 e originou o álbum homônimo — comemorativo dos vinte anos de carreira, que trazia regravações dos antigos sucessos entre outras canções consagradas. Em 1997 apresentou-se na casa de espetáculos carioca Metropolitan, com Brasil, O Show, dirigido por José Possi Neto, onde interpretou clássicos do samba (Paulinho da Viola, Dorival Caymmi, Ary Barroso, Gonzaguinha, Cazuza, e outros) entre outras gravações do álbum de estúdio do ano anterior, Café com leite.

Em maio de 2006, num pocket show, no cenário intimista da respeitada casa Bourbon Street, Simone e a banda levaram um repertório romântico ao público que se encantou com arranjos originais, em tom jazzístico, apresentado na capital paulista, no contexto do Projeto Credicard Vozes. Outras recentes apresentações, no Peru, foi aplaudida de pé por mais de cinco minutos; em Miami, ao lado do parceiro Ivan Lins, obteve reconhecimento da crítica que considerou a apresentação uma das melhores dos últimos anos na Flórida.   



CD selecões - Novo lançamentos - Extras - Abrir 'insert' em proprio janela

Discografia, Videos & Livros

  • Sim One Sou


    Simone

    Circus Produ??es Culturais & Fonogr?ficas

    1
    -->

    Sim One Sou

    Descrição

    CD - SIM ONE SOU foi sendo gravado lentamente, entre os anos de 2008 e 2009, no estúdio em sua casa, sem o rigor de prazos para começo e término. Dentre os temas das 13 faixas, Simone Sou canta sua paixão pela “Amazônia”, poemas que falam das mulheres: “Mulher do mundo” e a “Mulher que come terra”. Há espaço para falar de “Deus e o mundo”, do perfume das “Pétalas”, inspirar-se em Fellini em “E La nave va” e soltar um “Choro Seco”. Simone canta ainda “A hora do Brasil”, o “Samba do fogão”, “Maracá”, “O colar” e “Instante de gelo”. O CD conta com a participação especial de Xarlô (direção de arte), a quem Simone credita “uma grande influência no meu trabalho”. Participam também o russo Oleg Fateev (acordeon), Lelena Aranha (bandolins), Renata Rosa (rabeca), Alfredo Bello (baixo elétrico e acústico), Umanto (voz e violão), Marcelo Monteiro (flauta e pífano) e Estevam Sinkovitz (guitarra).


    Faixas do CD:

    1. Deus e o mundo
    2. Mulher que come terra
    3. Maracá
    4. Pétalas
    5. Choro Seco
    6. Pra inspirar seu toque
    7. E la nave la
    8. Amazônia
    9. O Colar
    10. Mulher do Mundo
    11. Samba do fogão
    12. A hora do Brasil
    13. Instante de Gelo




    Marca Circus Produ??es Culturais & Fonogr?ficas
    Cód. Barras 7898936520029
    Autor Simone

    Deus e o mundo
    Mulher que come terra
    Maracá
    Pétalas
    Choro Seco
    Pra inspirar seu toque
    E la nave la
    Amazônia
    O Colar
    Mulher do Mundo
    Samba do fogão
    A hora do Brasil
    Instante de Gelo
    Discografia
    Simone   
     

     


    Simone   
     

     


    Simone   
     

     

    Simone   
     

     


    Simone   
     

     


    Simone   
    LOCA (1998)  - CD
    Polygram 559 060-2

    1.  Loca (Willie Nelson)
    2.  Hey (R.Arcusa - J.Iglesias - G.Belfore - M.Balducci)
    3.  Júrame (M.Grever)
    4.  Abrázame (J.Iglesias - R.Serro)
    5.  Grande, grande, grande (J.Iglesias - T.Renis - A.Festa)
    6.  La nave del olvido (D.Ramos)
    7.  Lo mejor de tu vida (Marian Bagbeder - Manuel Alejandro)
    8.  Por ella (J.Iglesias - M. De La Calva - R.Arcuso)
    9.  Amor (R.Lopes - G.Ruiz)
    10. Mi amor (S.Wonder)
    11. Y aunque te haga calor (José Maria Cano)
     

     


    Simone   
    BRASIL "O SHOW" (1997)  - CD
    Polygram 536 511-2

    1.  Canta, canta, minha gente (Martinho da Vila)O que é o que é (Gonzaguinha)
    2.  Beija, me beija e me beija (Zé Catimba - Martinho da Vila)
    3.  Meu laiá-raiá (Martinho da Vila)
    4.  Disritmia (Martinho da Vila)
    5.  Sinal fechado (Paulinho da Viola)
    6.  Coração leviano (Paulinho da Viola)
    7.  Onde a dor não tem razão (Élton Medeiros - Paulinho da Viola)Pressentimento (Élton Medeiros-Hermínio Bello de Carvalho)
    8.  Maracangalha (Dorival Caymmi)Na cadência do samba (Ataulfo Alves-Paulo Gesta) Samba do Arnesto (Adoniran Barbosa-Alocin)
    9.  Saudosa maloca (Adoniran Barbosa)
    10. Aí que saudades da Amélia (Ataulfo Alves - Mário Lago)
    11. Mulheres (Toninho Geraes)
    12. Verdade (Nelson Rufino - Carlinhos Santana)
    13. Madalena do Jucu (Associação dos Congadeiros do Espírito Santo - Martinho da Vila)
    14. Canta, Brasil (David Nasser - Alcyr Pires Vermelho)Trenzinho caipira (Villa-Lobos-Poema: Ferreira Gullar) Aquarela do Brasil (Ary Barroso) Brasil (Cazuza-George Israel-Nilo Romero)
     

     


    Simone   
    CAFÉ COM LEITE (1996)  - CD
    Polygram 534 179-2

    1.  Café com leite (Zé Catimba - Martinho da Vila)
    2.  Beija, me beija, me beija (Zé Catimba - Martinho da Vila)
    3.  Meu laiá-raiá (Martinho da Vila)
    4.  Madalena do Jucu (Associação dos Congadeiros do Espírito Santo - Martinho da Vila)
    5.  Disritmia (Martinho da Vila)
    6.  Se eu soubesse que tu vinhas (Élton Medeiros - Martinho da Vila)
    7.  Samba da cabrocha bamba (Martinho da Vila)
    8.  Canta, canta, minha gente (Martinho da Vila)
    9.  Quem é do mar não enjoa (Martinho da Vila)
    10. Iaiá do Cais Dourado (Rodolfo - Martinho da Vila)
    11. Maré mansa (Mar calmado) (Paulinho da Viola - Martinho da Vila)
    12. Ex-amor (Martinho da Vila) Participação: Martinho da Vila
     

     


    Simone   
    SIMONE BITTENCOURT DE OLIVEIRA (1995)  - CD
    Sony Music 758.227/2-479037

    1.  Danadinho danado (Zé Catimba - Martinho da Vila) Participação: Martinho da Vila
    2.  Elegia (Augusto de Campos - Péricles Cavalcanti)
    3.  Quem é você (Isolda - Eduardo Dusek)
    4.  Espere por mim morena (Gonzaguinha)
    5.  Procissão (Gilberto Gil)
    6.  O que é amar (Johnny Alf)
    7.  Quem te viu, quem te vê (Chico Buarque)
    8.  Pare de me arranhar (Flávio A. de Oliveira - Márcio Proença - Marco Aurélio - Darcy de Paulo)
    9.  Leão ferido (Dalto - Biafra)
    10. Entre o sim e não (Abel Silva - João Donato)
    11. Noite dos mascarados (Chico Buarque)
    12. Prelúdio (Raul Seixas)
     

     


    Simone   
    25 DE DEZEMBRO (1995)  - CD
    Polygram 528948-2

    1.  Então é Natal (Happy xmas) (War is over) (Yoko - Lennon)
    2.  Natal branco (White christmas) (Irving Berlin)
    3.  Bate o sino (Jingle bells) (Folclore)
    4.  Pensamentos (Erasmo Carlos - Roberto Carlos)
    5.  O velhinho (Octávio Filho)
    6.  Jesus Cristo (Erasmo Carlos - Roberto Carlos)
    7.  Que maravilha viver (What a wonderful world) (G.D.Weiss - B.Thiele)
    8.  Natal das crianças (Blackout)
    9.  Boas festas (Assis Valente) Participação: Timbalada
    10. Noite feliz (Silent night) (F.Gruber - Folclore)
     

     


    Simone   
    SOU EU (1993)  - CD
    Columbia 850.197/2-464387

    1.  Canções e momentos (Milton Nascimento - Fernando Brant)
    2.  Sou eu (Isolda - Eduardo Dusek)
    3.  Sangrando (Gonzaguinha)
    4.  Amor de índio (Beto Guedes - Ronaldo Bastos)
    5.  Ela e eu (Caetano Veloso)
    6.  Outra vez (Isolda)
    7.  Iolanda (Pablo Milanez - Chico Buarque)
    8.  Mar e lua (Chico Buarque)
    9.  Meu bem querer (Djavan)
    10. Alma (Abel Silva - Sueli Costa)
    11. Raio de Luz (Abel Silva - Cristóvão Bastos)
    12. Carinhoso (Pixinguinha - João de Barro)
    13. Onde anda você (Ermano Silva - Vinicius de Moraes)
    14. Jura secreta (Abel Silva - Sueli Costa)
    15. Quase um segundo (Herbert Vianna)
    16. A distância (Erasmo Carlos - Roberto Carlos)
    17. Caçador de mim (Luiz Carlos Sá - Sergio Magrão)
    18. Vendedor de sonhos (Milton Nascimento - Fernando Brant)
     

     


    Simone   
    RAIO DE LUZ (1991)  - CD
    Sony 850.147/2-464227

    1.  Raios de luz (Abel Silva - Cristóvão Bastos)
    2.  Ai, ai, ai (Vitor Martins - Ivan Lins)
    3.  Todos os olhos te olham (Todos los ojos, te miran) (Pablo Milanes)
    4.  Meu ninho (Wagner Tiso - Ronaldo Bastos)
    5.  Conto de areia (Toninho - Romildo) Participação: Clara Nunes
    6.  Será (Lobos - Renato Russo - Marcelo Bonfá)
    7.  Brigas (Jair Amorim - Evaldo Gouveia) Participação: Julio Iglesias
    8.  Têmpera (Gonzaguinha)
    9.  Desafio (Vitor Martins - Ivan Lins)
    10. As pessoas (Fátima Guedes)
     

     


     
     


    SEDUÇÃO (1988)  - CD/Vinil
    CBS 231157

    1.  Separação (Paulo Sergio Valle - José Augusto)
    2.  Codinome Beija-flor (Reinaldo Arias - Ezequiel Neves - Cazuza)
    3.  Apaixonou (Till I loved you) (M.Yeston) Participação: Plácido Domingo
    4.  Olhos negros (Tunai)
    5.  Kalú (Humberto Teixeira)
    6.  O tempo não pára (Arnaldo Brandão - Cazuza)
    7.  Amei demais (Paulo Massadas - Michael Sullivan)
    8.  Carta marcada (César Camargo Mariano - Ronaldo Bastos)
    9.  Falou amizade (Caetano Veloso)
    10. Disputa de poder (Balinha - Almir de Araújo - Marquinho Lessa - Hércules Correia)
     
     


    VÍCIO (1987)  - CD/Vinil
    CBS 231037

    1.  Eu sei que vou te amar (Tom Jobim - Vinicius de Moraes) Participação: Tom Jobim
    2.  Você é linda (Caetano Veloso) Participação: Milton Nascimento
    3.  Simples carinho (Abel Silva - João Donato)
    4.  Seu corpo (Erasmo Carlos - Roberto Carlos)
    5.  Pétala (Djavan)
    6.  Me chama (Lobão)
    7.  Doce presença (Vitor Martins - Ivan Lins) Participação: Oscar Castro Neves
    8.  Coração ateu (Sueli Costa)
    9.  Trocando em miúdos (Chico Buarque - Francis Hime)
    10. Cais (Milton Nascimento - Ronaldo Bastos) Participação: Milton Nascimento
     
     


    AMOR E PAIXÃO (1986)  - CD/Vinil
    CBS 138307

    1.  Amor e paixão (Milton Nascimento - Fernando Brant)
    2.  Esquinas (Djavan)
    3.  Tanto e mais (Vitor Martins - Ivan Lins)
    4.  Mania de você (Roberto de Carvalho - Rita Lee)
    5.  Raras maneiras (Márcio Borges - Tunai)
    6.  Em flor (Too young) (S.Dee - S.Lippman)
    7.  Amor explícito (Paulinho Lima - Nico Rezende - Antônio Cícero)
    8.  Iolanda (Pablo Milanés - Chico Buarque)
    9.  Bálsamo (Abel Silva - Sueli Costa)
    10. Rei por um dia (Balinha - Almir de Araújo - Marquinho Lessa - Hércules Correia - Carlinhos de Pilares)
     
     

    CRISTAL (1985)  - CD/Vinil
    CBS 138297

    1.  Tinha de ser (Sergio Natureza - Tunai)
    2.  Sonhos (Arrastão dos pescadores) (Vitor Martins - Ivan Lins)
    3.  Cristal (Gonzaguinha)
    4.  Lábios vermelhos (Abel Silva - Sueli Costa)
    5.  Água na boca (Abel Silva - Tunai)
    6.  Amor no coração (Balinha - Almir de Araújo - Marquinho Lessa - Hércules Correia - Carlinhos de Pilares) Participação: Carlinhos de Pilares
    7.  Você é real (Piska - Fausto Nilo)
    8.  Princesa (Flávio Venturini - Ronaldo Bastos) Participação: Roupa Nova
    9.  Meu marfim (Luiz Carlos Goes - Jorge Luiz Tavares - Eduardo Dusek)
    10. A outra (Vitor Martins - Ivan Lins)
     
     


    DESEJOS (1984)  - CD/Vinil
    CBS 138287

    1.  Um desejo só não basta (Fausto Nilo - Francisco Casaverde)
    2.  Jeitinho brasileiro (Aldir Blanc - João Bosco)
    3.  Íntimo (Abel Silva - Sueli Costa)
    4.  Dr. Getúlio (Chico Buarque - Edu Lobo)
    5.  Do Oiapoque ao Chuí (Vitor Martins - Ivan Lins)
    6.  Por um dia de graça (Luiz Carlos da Vila) Participação: Neguinho da Beija-Flor
    7.  Na flor da idade (Vitor Martins - Ivan Lins)
    8.  Nenhum mistério (Lô Borges - Ronaldo Bastos - Murilo Antunes)
    9.  Iolanda (Pablo Milanés - Chico Buarque) Participação: Chico Buarque
    10. Eu preciso de você (Erasmo Carlos - Roberto Carlos)
     
     


     
     


    CORPO E ALMA (1982)  - CD/Vinil
     
     

    AMAR (1981)  - CD/Vinil
     
     


     
     


    SIMONE (1980)  - CD/Vinil
     
     


    Simone   
    PEDAÇOS (1979)  - CD/Vinil
     

     


    Simone   
    CIGARRA (1978)  - CD/Vinil
     

     


    Simone   
    FACE A FACE (1977)  - CD/Vinil
     

     


    GOTAS D'ÁGUA (1975)  - CD/Vinil
    EMI-Odeon SMOFB 3896

    1.  Gota d'água (Chico Buarque) Participação: Milton Nascimento
    2.  Disfarce (Sidney Piñon - Sergio Rocha - Vital Lima)
    3.  Matriz ou filial (Lúcio Cardim)
    4.  Nosotros (Danilo Caymmi - Joyce)
    5.  Sistema nervoso (Arlindo Marques Júnior - Roberto Roberti - Wilson Batista)
    6.  Latin lover (Aldir Blanc - João Bosco)
    7.  Samba pro João Gilberto (Paulo César Pinheiro - Maurício Tapajós)
    8.  Outubro (Milton Nascimento - Fernando Brant)
    9.  Idolatrada (Milton Nascimento - Fernando Brant)
    10. O trem tá feio (Tavinho Moura - Murilo Antunes)
    11. Eu nem ligo (Gonzaguinha)
     
     

    Simone   
     

     


    SIMONE (1973)  - Vinil
     
     


     Extras
    Simone   
     

     


     
     


     
     


     
     


     
     


     
     


     Compilações
    O TALENTO DE - SIMONE (1995)  - CD
    1.  Tudo que você podia ser (Márcio Borges - Lô Borges)
    2.  Faze a face (Cacaso - Sueli Costa)
    3.  Jura secreta (Abel Silva - Sueli Costa)
    4.  Diga lá, coração (Gonzaguinha) Participação: Gonzaguinha
    5.  Cigarra (Milton Nascimento - Ronaldo Bastos)
    6.  Quatro paredes (Eduardo Marques)
    7.  Maria Maria (Milton Nascimento - Fernando Brant)
    8.  Para Lennon e McCartney (Márcio Borges - Lô Borges - Fernando Brant)
    9.  Reis e rainhas do maracatu (Novelli - Fran - Milton Nascimento - Nelson Ângelo)
    10. Novo tempo (Vitor Martins - Ivan Lins)Mus. Inc. "Penny Lane" (Lennon-McCartney)
    11. Sob medida (Chico Buarque)
    12. Pra não dizer que não falei das flores (Geraldo Vandré)
    13. Começaria tudo outra vez (Gonzaguinha)
    14. Cordilheira (Paulo César Pinheiro - Sueli Costa)
    15. Tô voltando (Maurício Tapajos - Paulo César Pinheiro)
    16. Música, música (Abel Silva - Sueli Costa)Mus. Inc. "Jura secreta" (Sueli Costa-Abel Silva)
    17. Começar de novo (Vitor Martins - Ivan Lins)
    18. O que será (Chico Buarque)
    19. Saindo de mim (Vitor Martins - Ivan Lins)
    20. Atrevida (Vitor Martins - Ivan Lins)
    21. Mulher e daí [Apenas mulher] (Gonzaguinha)
     
     



     Participações especias

    Música

    Volta a Artistas

     ------  Copyright © 1998-2018 MusicaPopular.org -----  contato webmaster

    videos letras discografia biografia article musica mp3 galeria imagens pictures