Cazuza

Videos - Cazuza

International
Shops

search for music by Cazuza at amazon



search for rare music at Music Stack

Links:
Cazuza

Barão Vermelho
Cazuza

pesquisa  Cazuza

DVDs
CazuzaCazuza -  Nasceu4/4/1958   Faleceu - 7/7/1990
vocalista da banda de rock Barão Vermelho , que se tornou rapidamente uma das maiores da década, em parte graças às composições de Cazuza.
Deixa-se do Barão Vermelho em 1985 por carreira solo.
O primeiro artista brasileiro a divulgar que tinha Aids.
O Maiores sucessos foram "Ideologia", "Brasil", "Exagerado", "Burguesia" e "Faz Parte do Meu Show"

Agenor de Miranda Araújo Neto, mais conhecido como Cazuza, (Rio de Janeiro, 4 de abril de 1958 - Rio de Janeiro, 7 de julho de 1990) foi um compositor e cantor brasileiro.

Filho do produtor fonográfico João Araújo e da dona-de-casa Maria Lúcia Araújo, Cazuza sempre teve contato com a música, influenciado desde pequeno pelos fortes valores da música brasileira, ele tinha preferência pelas músicas dramáticas e melancólicas, como as deCartola, Lupicínio Rodrigues, Dolores Duran, e Maysa.

Ele começou a escrever letras e poemas por volta de 1965.

Em 1974, tirando férias em Londres conhece as músicas de Led Zeppelin, Janis Joplin, e dos Rolling Stones, e logo tornou-se um grande fã.

Cazuza entrou na Universidade em 1978, mas abandonou o curso de jornalismo três semanas depois, para trabalhar com seu pai naSom Livre.

Em 1980 ele retornou ao Rio de Janeiro, onde trabalhou com o grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone. Lá, foi observado pelo então novato cantor/compositor Léo Jaimeque o apresentou a uma banda de rock que procurava por um vocalista, o Barão Vermelho. Com o Barão Vermelho, que fez grande sucesso com a música Bete Balanço, Cazuza iniciou sua carreira de cantor. Em 1985, Cazuza se apresentou noRock in Rio com o Barão Vermelho. Nesse período Caetano Veloso declarou que Cazuza era o grande poeta de sua geração.

Foi nesse mesmo ano que Cazuza foi infectado pelo vírus da AIDS, precipitando seu desejo em deixar a banda a fim de ter liberdade para compor e se expressar, musicalmente e poeticamente.
Carreira solo

A partir dessa separação, Cazuza começa a diversificar sua produção, incorporando de maneira mais marcante elementos do Blues, como em "Blues da Piedade", "Só as mães são felizes" e "Balada do Esplanada" (baseada em poesia homônima de Oswald de Andrade), letras mais intimistas, como em "Só se for a Dois", e influências da música brasileira como em "O Mundo é um Moinho" de Cartola e "Faz Parte do meu Show", "Cavalos Calados" de Raul Seixas e "Essa Cara" de Caetano Veloso.

Contrariando a sensação de fracasso que sempre acompanham artistas que abandonam suas bandas de origem para um carreia solo, Cazuza surpreende em seus álbuns solo, dos quais os sucessos de maior repercussão no público foram, sem dúvida, "Exagerado", "O Tempo não Pára" e "Ideologia".

Duas características fundamentais de sua obra, especialmente no período solo, são:

    * uma postura ativa frente a vida, não apenas recebendo, descrevendo e sofrendo com seus acontecimentos mas se posicionando frente a eles (ao contrário de vários artistas do mesmo período com um espírito mais romântico), fossem de fundo sentimental (vide "Obrigado", "O Mundo é um Moinho", "Exagerado") ou político (vide "Burguesia");

    * intimismo e individualismo, no sentido de não se expressar em função ou considerando outros além de seu parceiro mas sim em função das suas crenças, vontades e impressões (essa postura fica muito clara quando notamos que Cazuza raramente usa nós em suas músicas para designar algum grupo ou conjunto de pessoas);

A sua luta contra o HIV que veio de seu estilo de vida, acabou com este e trouxe o fantasma da morte para perto dele.

Em apenas 8 anos de carreira, Cazuza nos deixou 222 músicas gravadas, mais 60 inéditas, 34 para outros ínterpretes.

Son of the phonographic producer João Araújo and the amateur singer Maria Lúcia Araújo, Cazuza always had close contact with music. Influenced since early childhood by the strong values of Brazilian music, he had a special preference for the sad, dramatic overtones of Cartola, Lupicínio Rodrigues, Dolores Durán, and Maysa. He began to write lyrics and poems around 1965. In late 1974, a vacation in London, England, acquainted him with the music of Led Zeppelin, Janis Joplin, and the Rolling Stones, and he soon became a great fan. Cazuza enrolled in college in 1978, but abandoned the course of journalism three weeks later to work with his father at Som Livre. He moved later to San Francisco, where he came in contact with beat literature, becoming highly influenced by it.

In 1980 he returned to Rio, where he worked with the theatrical group Asdrúbal Trouxe o Trombone (Asdrúbal Brought the Trombone). There he was noticed by the novice singer/composer Leo Jayme, who introduced him to a beginning rock band that needed a vocalist, the Barão Vermelho. With this very successful eighties Brazilian rock band, who had their greatest success with Bete Balanço, a song that was part of the soundtrack of a film, Cazuza began his career as a singer. In 1985, Cazuza took part in Rock in Rio with Barão Vermelho, and around this time, Caetano Veloso claimed he was the greatest Brazilian poet of his generation. It was also in this same year that Cazuza was infected with the AIDS virus, precipitating his desire to leave the band in order to obtain a greater freedom in composition and expression, both musically and lyrically.

After he left the band, Cazuza's music began to diversify, incorporating elements of the blues in songs such as Blues da Piedade (Blues of Compassion), Só as mães são felizes (Only Mothers Are Happy) and Balada da Esplanada (Ballad of the Esplanade), which was based on a poem of the same name by Oswald de Andrade, showcasing increasingly intimate lyrics, like those in Só se for a Dois (Only If It Will Be Two), as well as opening itself up to influences from Brazilian pop music with interpretations of Cartola's O Mundo é um Moinho, Raul Seixas's Cavalos Calados (Silent Horses) and Caetano Veloso's Essa Cara (This Face).

Contrary to what usually happens once an artist leaves a band that has made them famous, Cazuza's solo career proved to more successful than that of his formed group. Exagerado (Exaggerated), O Tempo não Pára (Time Doesn't Stop), and Ideologia (Ideology) were his greatest hits and proved to be a great influence on subsequent Brazilian musicians.

In 1989, he admitted publicly for the first time that he had AIDS and released his last album: Burguesia. He died in Rio de Janeiro in July 7, 1990 at the age of 32 of an AIDS related illness.

In 2004 a biopic film directed by Sandra Werneck called Cazuza - O Tempo Não Pára was released



CD selecões - Novo lançamentos - Extras - Abrir 'insert' em proprio janela

Discografia, Videos & Livros


 Livros
 CAZUZA - SONGBOOK VOL.1
 CAZUZA - COL.SONGBOOK - VOL.2
 CAZUZA - LENDA E LEGENDA DOS ANOS 80
Discografia
Cazuza   
POR AÍ (1991)  - CD
Polygram 846.950-2
1.  Não há perdão para o chato (Zaba Moreau - Arnaldo Antunes - Cazuza)
2.  Paixão (João Rebouças - Cazuza)
3.  Portuga (Cazuza - Orlando Morais)
4.  Hei rei! (Roberto Frejat - Cazuza)
5.  Camila, Camila (Sady Homrich - Carlos Stein - Thedy Correia)Participação: Sandra de Sá
6.  Por aí... (Roberto Frejat - Cazuza)
7.  Andróide sem par (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
8.  Cavalos calados (Raul Seixas)
9.  Summertime (Heyward - Dubose - George Gershwin)
10. Oriental II (Rogério Meanda - Cazuza)
11. O Brasil vai ensinar o mundo (Renato Rocketh - Cazuza)
 
 
 


Cazuza   
O TEMPO NÃO PÁRA (1989)  - CD/Vinil
Polygram 836 839-1
1.  Vida louca vida (Bernardo Vilhena - Lobão)
2.  Boas novas (Cazuza)
3.  Ideologia (Roberto Frejat - Cazuza)
4.  Todo amor que houver nessa vida (Roberto Frejat - Cazuza)
5.  Codinome Beija-Flor (Reinaldo Arias - Ezequiel Neves - Cazuza)
6.  O tempo não pára (Arnaldo Brandão - Cazuza)
7.  Só as mães são felizes (Roberto Frejat - Cazuza)
8.  O nosso amor a gente inventa (Estória romântica) (João Rebouças - Rogério Meanda - Cazuza)
9.  Exagerado (Leoni - Ezequiel Neves - Cazuza)
10. Faz parte do meu show (Renato Ladeira - Cazuza)
 
 
 


Cazuza   
BURGUESIA (1989)  - CD/Vinil
Polygram 838 447-1
1.  Burguesia (George Israel - Ezequiel Neves - Cazuza)
2.  Nabucodonosor (George Israel - Cazuza)
3.  Tudo é amor (Laura Finochiaro - Cazuza)
4.  Garota de Bauru (João Rebouças - Cazuza)
5.  Eu agradeço (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
6.  Eu quero alguém (Renato Rocketh - Cazuza)
7.  Babylonest (Ledusha - Cazuza - Lobão)
8.  Como já dizia Djavan (Frejat - Cazuza)
9.  Perto do fogo (Cazuza - Rita Lee)
10. Cobaias de Deus (Ângela RoRo - Cazuza)
11. Mulher sem razão (Dé - Cazuza - Bebel Gilberto)
12. Por quase um segundo (Herbert Vianna)
13. Filho único (João Rebouças - Cazuza)
14. Preconceito (Fernando Lobo - Antônio Maria)
15. Esse cara (Caetano Veloso)
16. Azul e amarelo (Cartola - Cazuza - Lobão)
17. Cartão postal (Paulo Coelho - Rita Lee)
18. Manhatã (Leoni - Cazuza)
19. Bruma (Arnaldo Brandão - Cazuza)
20. Quando eu estiver cantando (João Rebouças - Cazuza)
 
 
 


Cazuza   
IDEOLOGIA (1988)  - CD/Vinil
Polygram 834722-1
1.  Ideologia (Roberto Frejat - Cazuza)
2.  Boas Novas (Cazuza)
3.  O assassinato da Flor (Cazuza)
4.  A orelha de Eurídice (Cazuza)
5.  Guerra civil (Cazuza - Ritchie)
6.  Brasil (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
7.  Um trem para as (Cazuza - Gilberto Gil)
8.  Vida fácil (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Blues da Piedade (Roberto Frejat - Cazuza)
10. Obrigado (Por ter se mandado) (Zé Luiz - Cazuza)
11. Minha flor meu bebê (Dé - Cazuza)
12. Faz parte do meu show (Renato Ladeira - Cazuza)
 
 
 


Cazuza   
SÓ SE FOR A DOIS (1987)  - CD/Vinil
Polygram
1.  Só se for a dois (Rogério Meanda - Cazuza)
2.  Ritual (Roberto Frejat - Cazuza)
3.  O nosso amor a gente inventa (Estória romântica) (João Rebouças - Rogério Meanda - Cazuza)
4.  Culpa de estimação (Roberto Frejat - Cazuza)
5.  Solidão que nada (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
6.  Completamente blue (George Israel - Rogério Meanda - Nilo Romero - Cazuza)
7.  Vai à luta (Rogério Meanda - Cazuza)
8.  Quarta-feira (Zé Luiz - Cazuza)
9.  Heavy love (Roberto Frejat - Cazuza)
10. Lobo mau da Ucrânia (João Rebouças - Ezequiel Neves - Rogério Meanda - Nilo Romero - Cazuza)
11. Balada do Esplanada (Cazuza)
 
 
 


Cazuza   
CAZUZA (1985)  - CD/Vinil
Som Livre 530.015
1.  Exagerado (Leoni - Ezequiel Neves - Cazuza)
2.  Medieval II (Meanda - Cazuza)
3.  Cúmplice (Zé Luiz - Cazuza)
4.  Mal nenhum (Cazuza - Lobão)
5.  Balada de um vagabundo (Roberto Frejat - Waly Salomão)
6.  Codinome Beija-Flor (Ezequiel Neves - Arias - Cazuza)
7.  Desastre mental (Renato Ladeira - Cazuza)
8.  Boa vida (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Só as mães são felizes (Roberto Frejat - Cazuza)
10. Rock da descerebração (Roberto Frejat - Cazuza)
 
 
 


 Compilações
PRECISO DIZER QUE TE AMO - TODA A PAIXÃO DO POETA (2001)  - CD
 
 


O POETA NÃO MORREU (2000)  - CD
Universal 73145469292
1.  Ideologia (Roberto Frejat - Cazuza)
2.  Faz parte do meu show (Ao Vivo) (Renato Ladeira - Cazuza)
3.  Exagerado (Leoni - Ezequiel Neves - Cazuza)
4.  Codinome Beija-Flor (George Israel - Rogério Meanda - Nilo Romero - Cazuza)
5.  O tempo não pára (Ao Vivo) (Arnaldo Brandão - Cazuza)
6.  O nosso amor a gente inventa (João Rebouças - Rogério Meanda - Cazuza)
7.  Solidão, que nada (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
8.  Blues da Piedade (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Um trem para as (Cazuza - Gilberto Gil)
10. Só se for a dois (Rogério Meanda - Cazuza)
11. Todo amor que houver nesta vida (Ao Vivo) (Roberto Frejat - Cazuza)
12. Brasil (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
13. Mal nenhum (Cazuza - Lobão)
14. Pedra, flor e espinho (Ao Vivo) (Roberto Frejat - Fernando Magalhães - Dulce Quental)
 
 


Cazuza   
CODINOME CAZUZA (1998)  - CD
Polygram 536 986-2
1.  Brasil (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)Interpretação: Gal Costa
2.  Solidão, que nada (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)Interpretação: Kid Abelha
3.  Codinome Beija-Flor (Reinaldo Arias - Ezequiel Neves - Cazuza)Interpretação: Luiz Melodia
4.  Por que a gente é assim (Roberto Frejat - Ezequiel Neves - Cazuza)Interpretação: Ney Matogrosso
5.  Blues da Piedade (Roberto Frejat - Cazuza)Interpretação: Sandra de Sá
6.  Malandragem (Roberto Frejat - Cazuza)Interpretação: Cássia Eller
7.  Só se for a dois (Rogério Meanda - Cazuza)Interpretação: Elba Ramalho
8.  Todo amor que houver nessa vida (Roberto Frejat - Cazuza)Interpretação: Leila Pinheiro
9.  Guerra civil (Cazuza - Ritchie)Interpretação: Ritchie
10. Preciso dizer que te amo (Dé - Cazuza - Bebel Gilberto)Interpretação: Marina Lima
11. Perto do fogo (Cazuza - Rita Lee)Interpretação: Rita Lee
12. Doralinda Interpretação: Cazuza
 
 
 


CAZUZA (1997)  - CD
 
 


MELHORES MOMENTOS - CAZUZA & BARÃO VERMELHO (1995)  - CD
Som Livre 2048-2
1.  Exagerado (Leoni - Ezequiel Neves - Cazuza)
2.  Pro dia nascer feliz (Frejat - Cazuza)
3.  Bete Balanço (Frejat - Cazuza)
4.  Maior abandonado (Frejat - Cazuza)
5.  Sub-produto do rock [Geração do rock] (Frejat - Cazuza)
6.  Torre de Babel (Ezequiel Neves - Guto Goffi - Frejat)
7.  Declare guerra (Ezequiel Neves - Guto Goffi - Frejat)
8.  Eclipse oculto (Caetano Veloso)
9.  Codinome Beija-flor (Ezequiel Neves - Arias - Cazuza)
10. Eu queria ter uma bomba (Cazuza)
11. Todo amor que houver nessa vida (Frejat - Cazuza)
12. Down em mim (Cazuza)
13. Só as mães são felizes (Frejat - Cazuza)
14. Mal nenhum (Cazuza - Lobão)
15. Luz negra (Nelson do Cavaquinho - Irahy Barros)
 
 


ESSE CARA (1995)  - CD
Globo Polydor 527 633-2
1.  O tempo não pára (Arnaldo Brandão - Cazuza)
2.  Faz parte do meu show (Renato Ladeira - Cazuza)
3.  Exagerado (Leoni - Ezequiel Neves - Cazuza)
4.  Vida louca vida (Bernardo Vilhena - Lobão)
5.  Pro dia nascer feliz (Roberto Frejat - Cazuza)
6.  Solidão que nada (George Israel - Nilo Romero - Cazuza)
7.  Esse cara (Caetano Veloso)
8.  Ideologia (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Bete Balanço (Roberto Frejat - Cazuza)
10. O nosso amor a gente inventa (Rebouças - Rogério Meanda - Cazuza)
11. Codinome Beija-Flor (Reinaldo Arias - Ezequiel Neves - Cazuza)
12. Blues da Piedade (Roberto Frejat - Cazuza)
13. Vida fácil (Roberto Frejat - Cazuza)
14. Só as mães são felizes (Roberto Frejat - Cazuza)
 
 


CAZUZA REMIXES - SEUS GRANDES SUCESSOS (1998)  - CD
 
 


 Participações
BARÃO VERMELHO AO VIVO (1992)  - CD
Som Livre
1.  Maior abandonado (Roberto Frejat - Cazuza)
2.  Milagres (Roberto Frejat - Denise Barroso - Cazuza)
3.  Sub-produto do rock (Roberto Frejat - Cazuza)
4.  Sem vergonha (Roberto Frejat - Cazuza)
5.  Narciso (Roberto Frejat - Cazuza)
6.  Todo amor que houver nessa vida (Roberto Frejat - Cazuza)
7.  Baby suporte (Ezequiel Neves - Pequinho - Maurício Barros - Cazuza)
8.  Bete balanço (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Mal nenhum (Cazuza - Lobão)
10. Down em mim (Cazuza)
11. Por que a gente é assim? (Roberto Frejat - Ezequiel Neves - Cazuza)
12. Um dia na vida (Maurício Barros - Cazuza)
13. Menina mimada (Maurício Barros - Cazuza)
14. Pro dia nascer feliz (Roberto Frejat - Cazuza)
 

MAIOR ABANDONADO (1984)  - CD/Vinil
Columbia 412.082
1.  Maior abandonado (Roberto Frejat - Cazuza)
2.  Baby suporte (Ezequiel Neves - Pequinho - Maurício Barros - Cazuza)
3.  Sem vergonha (Roberto Frejat - Cazuza)
4.  Você se parece com todo mundo (Roberto Frejat - Cazuza)
5.  Milagres (Denise Barros - Roberto Frejat - Cazuza)
6.  Não amo ninguém (Roberto Frejat - Ezequiel Neves - Cazuza)
7.  Por que a gente é assim (Roberto Frejat - Ezequiel Neves - Cazuza)
8.  Narciso (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Nós (Roberto Frejat - Cazuza)
10. Dolorosa (Roberto Frejat - Cazuza)
11. Bete Balanço (Roberto Frejat - Cazuza)
 
 


BARÃO VERMELHO 2 (1983)  - CD/Vinil
Columbia 412051
1.  Intro (Maurício Barros)
2.  Menina mimada (Maurício Barros - Cazuza)
3.  O que a gente quiser (Roberto Frejat - Naila Skórpio)
4.  Vem comigo (Dé - Guto Goffi - Cazuza)
5.  Bicho humano (Roberto Frejat - Cazuza)
6.  Largado no mundo (Roberto Frejat - Cazuza)
7.  Carne de pescoço (Roberto Frejat - Cazuza)
8.  Pro dia nascer feliz (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Manhã sem sonho (Dé - Cazuza)
10. Carente profissional (Roberto Frejat - Cazuza)
11. Blues do iniciante (Dé - Roberto Frejat - Guto Goffi - Maurício Barros - Cazuza)
 
 


Cazuza   
BARÃO VERMELHO (1982)  - CD/Vinil
Columbia 412022
1.  Posando de star (Cazuza)
2.  Down em mim (Cazuza)
3.  Contos de fadas (Maurício Barros - Cazuza)
4.  Billy Negão (Guto Goffi - Maurício Barros - Cazuza)
5.  Certo dia na cidade (Guto Goffi - Maurício Barros - Cazuza)
6.  Rock'n geral (Maurício Barros - Cazuza)
7.  Ponto fraco (Roberto Frejat - Cazuza)
8.  Por aí (Roberto Frejat - Cazuza)
9.  Todo amor que houver nessa vida (Roberto Frejat - Cazuza)
10. Bilhetinho azul (Roberto Frejat - Cazuza)
 
 
 



E-COLLECTION - GILBERTO GIL (Gilberto Gil)
CODINOME CAZUZA (Cazuza)
UM TREM PARA AS - Trilha Sonora do Filme (Gilberto Gil)
MELHORES MOMENTOS DE CHICO & CAETANO - AO VIVO (Caetano Veloso / Chico Buarque)

Música


Volta a Artistas

 ------  Copyright © 1998-2013 MusicaPopular.org -----  contato webmaster

videos letras discografia biografia article musica mp3 galeria imagens pictures