Anjos do Inferno

Videos - Anjos do Inferno

International
Shops

search for music by Anjos do Inferno at amazon

search for rare music in our shop


search for rare music at Music Stack

Links:
Anjos do Inferno

pesquisa  Anjos do Inferno

DVDs
Search-Busca

Anjos do Inferno

Integrantes

1ª formação:

Oto Alves Borges

Moacir Bittencourt

Filipe Brasil

José Barbosa

Antônio Barbosa

Milton Campos
2ª formação:

Léo Vilar

Moacir Bittencourt

Filipe Brasil

José Barbosa

Antônio Barbosa
Discografia
([S/D]) Os clássicos da velha guarda. Vol. V • Motodiscos/Phonodisc LP
([S/D]) Sucessos dos Anjos do Inferno • MagiSom LP
([S/D]) Brasil Pandeiro, Anjos do Inferno • RCA Camden LP
([S/D]) Anjos do Inferno • Revivendo LP
([S/D]) Anjos do Inferno • Continental LP
(1991) Samba da minha terra • Revivendo CD
Bibliografia
ALBIN, Ricardo Cravo. O livro de ouro da MPB - A História de nossa música popular de sua origem até hoje. Rio de Janeiro: Ediouro, 2003.
AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.
MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.
SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A canção no tempo. Volume1. São Paulo: Editora: 34, 1999.
VASCONCELOS, Ari. Panorama da música popular brasileira - volume 2. Rio de Janeiro: Martins, 1965.
Anjos do InfernoAnjos do Inferno -  Grupo - Entre seus integrantes destacaram-se o vocalista Leo Vilar, Roberto Medeiros (violão), Nanai (violão), Russinho e Miltinho (pandeiros), Harry Vasco de Almeida (piston).


Anjos do Inferno era o nome de um conjunto vocal e instrumental brasileiro. Originário do Rio de Janeiro, o grupo teve diversas formações ao longo de quase 30 anos, mas mesmo assim conseguiu criar uma identidade sonora típica, devida principalmente ao pistom. O nome veio como ironia à orquestra Diabos do Céu, dirigida por Pixinguinha e muito popular nos anos 30. O auge da carreira dos Anjos do Inferno foi nos anos 40, na época de ouro do rádio. Foram contratados pelas principais emissoras de rádio do Brasil, tocaram em cassinos e gravaram diversos sucessos de carnaval. conjunto excursionou pela América Latina e Estados Unidos, onde tocou com Carmen Miranda.


 Sucessos

    * Acontece que eu sou baiano, Dorival Caymmi (1944)
    * Adeus, América, Geraldo Jacques e Haroldo Barbosa (1951)
    * Bahia, oi!... Bahia, Augusto Mesquita e Vicente Paiva (1940)
    * Bolinha de papel, Geraldo Pereira (1945)
    * Boogie-woogie na favela, Denis Brean (1947)
    * Brasil pandeiro, Assis Valente (1941)
    * Cordão dos puxa-sacos, Eratóstenes Frazão e Roberto Martins (1946)
    * Dora, Dorival Caymmi (1947)
    * Doralice, Antônio Almeida e Dorival Caymmi (1945)
    * Helena, Helena, Antônio Almeida e Costantino Silva (1940)
    * Já que está, deixa ficar, Assis Valente (1941)
    * Nêga do cabelo duro, David Nasser e Rubens Soares (1942)
    * Nós, os carecas, Arlindo Marques Jr. e Roberto Martins (1942)
    * Requebre que eu dou um doce, Dorival Caymmi (1941)
    * Rosa morena, Dorival Caymmi (1942)
    * Sereno, Antônio Almeida (1943)
    * Vatapá, Dorival Caymmi (1942)
    * Vestido de bolero, Dorival Caymmi (1944)
    * Você já foi à Bahia?, Dorival Caymmi (1941)
    * Xô, xô!, Antônio Almeida e Ciro de Souza (1941)


Discografia, Videos & Livros

SAMBA DA MINHA TERRA - BANDO DA LUA / GRUPO X / ANJOS DO INFERNO / QUATRO ASES E UM CURINGA (1992)  - CD



Volta a Artistas

 ------  Copyright © 1998-2018 MusicaPopular.org -----  contato webmaster

videos letras discografia biografia article musica mp3 galeria imagens pictures